Páginas

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Prévia carnavalesca termina em confusão, após polícia impedir acesso de aliados de ex-prefeito ao bloco Risca Faca em Belém/PB


O que deveria ser uma festa terminou em confusão, o desfile do bloco Risca a Faca na cidade de Belém, no brejo paraibano, após a polícia impedir o acesso de foliões ligados ao ex-prefeito Roberto Flávio ao bloco.

Informações que circulam nas redes sociais e que ganharam repercussão na mídia, o prefeito Edgar Gama teria vetado a participação dos foliões vestidos de vermelho sob o argumento de que o vermelho representa a guerra.

O Bloco Risca Faca foi criado a cerca de 15 anos pelos funcionários da Secretaria de Saúde de Belém e tem o objetivo de abordar assuntos preventivos de saúde para chamar a atenção da população à se conscientizarem a respeito de determinado tema.

Nesse tempo todo do Risca Faca essa foi a primeira vez que um determinado grupo de pessoas foi impedido de participar do desfile do bloco que já se tornou tradição em desfilar na quinta-feira que antecede o carnaval.

Na manhã desta sexta-feira (05) o ex-prefeito Tarcísio Marcelo repudiou a politização do bloco Risca Faca e defendeu o radialista João Moura que afirma ter sido agredido durante a cobertura do evento.

Fonte:  ExpressoPB

Nenhum comentário: