quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Prefeito de Belém (PB) será acionado na justiça por crime de calúnia e difamação contra candidata adversária

Clique na imagem para amplia-la

A assessoria jurídica da candidata à prefeita de Belém, Renata Christine, acionará a Justiça contra o atual prefeito de Belém (PB) e candidato à reeleição, Edgard Gama, pelo crime de calúnia e difamação, segundo informou o advogado Marcelo Matias em seu perfil numa rede social na internet.

Em áudio encaminhado à assessoria jurídica, Edgard Gama teria acusado a candidata adversária, durante um encontro de campanha com algumas mulheres na noite de ontem (16), de que ela estaria sendo investigada pela Polícia Federal. Acusação falsa, já que nada consta no documento emitido pelo Departamento da PF (conferir imagem acima).

De acordo com áudios que nos foram repassados, durante discurso na noite de ontem, numa reunião de campanha direcionada às mulheres, o ainda prefeito [Edgard Gama] proferiu calúnias, além de injuriar e difamar Renata Chris, ao afirmar, falsamente, que ela está sendo investigada pela Polícia Federal. Pois bem, aqui está uma certidão de antecedentes criminais, fornecida pela polícia federal, que atesta o caráter e a idoneidade de Renata. Por praticar crime contra a honra de Renata, o senhor prefeito será acionado na justiça pela assessoria jurídica da campanha e responderá criminalmente”, disse Matias.

Somadas as penas pelos crimes de calúnia, difamação e injúria, previstos nos artigos 138, 139 e 140, do Código Penal brasileiro, o condenado pode pegar até três anos e seis meses de detenção, além de multas.

Nenhum comentário: