Páginas

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Estudantes protestam contra a PEC-241 no Campus da UFPB, em Bananeiras (PB)

 

O Campus III da Universidade Federal da Paraíba, localizado na cidade de Bananeiras, no Brejo paraibano, foi palco de um protesto criativo, na manhã desta quarta-feira (26), contra a PEC-241 do governo Temer, aprovada ontem, em segundo turno, pela Câmara dos Deputados.

Os estudantes fizeram uma grande cópia do livro da Constituição Federal, manchada de “sangue”, e colocaram na fonte de água dentro da universidade, que também estava “ensanguentada”, simbolizando a violação da constituição pela PEC-241, que congela os investimentos do Governo Federal nas áreas da saúde e da educação, por exemplo, pelos próximos 20 anos.

A intervenção dos estudantes na UFPB, em Bananeiras, foi repercutida na página do Mídia Ninja, no facebook. A página já recebeu mais de 1 milhão e 100 mil curtidas e faz parte desta rede de mídia que cobre manifestações, eventos culturais e diversos acontecimentos que as grandes empresas de comunicação do país não divulgam ou distorcem.

As manifestações dos estudantes brasileiros contra a PEC-241, chamada de PEC da Morte ou PEC do fim do mundo, e também da MP da Reformulação do Ensino Médio, que retira a obrigatoriedade das disciplinas de arte, educação física, filosofia e sociologia, crescem em todo o território brasileiro. A última atualização da UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) dá conta de mais de 1.150 escolas ocupadas em todo o Brasil, além das 102 universidades também ocupadas pelos estudantes, segundo a UNE.

Nenhum comentário: