Páginas

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Estudantes de Direito, Geografia, História, Letras e Pedagogia do Câmpus de Guarabira se formam pela UEPB


O evento também foi marcado por protesto contra o governo Michel Temer.

Encerrar ciclos faz parte do desenvolvimento de todo ser humano. Nesse momento fecham-se portas, mas logo se iniciam novas tarefas que oferecem a oportunidade para que cada um possa se aprimorar e seguir seu curso de vida. Foi com esse sentimento que 180 alunos dos cursos de Direito, Geografia, História, Letras e Pedagogia do Centro de Humanidade (CH) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) participaram na noite desta terça-feira (9), no Maison D’mel, em Guarabira, da solenidade de colação de grau acadêmico das turmas do período 2016/1.

Uma noite onde os sorrisos substituíram a dedicação para a conclusão de um curso superior, os formandos celebraram com seus familiares cada momento da cerimônia que desde a execução do hino nacional, pelo Coral do Centro Artístico Cultural da UEPB, foi recheada de emoção. O pró-reitor de Graduação da UEPB, professor Eli Brandão, que representou o reitor Rangel Junior, declarou aberta a solenidade.

O juramento dos formandos foi lido pelo aluno Masenildo Sares da Silva, do curso de Direito. Em seguida, o Orador Oficial, Leonardo Souza da Silva (foto), do curso de História, fez jus a sua formação e destacou cada momento importante e de superação que todos tiveram ao longo de sua jornada no Centro de Humanidades. “A UEPB nos ofereceu uma formação rica. Nós ampliamos nossos olhares para uma série de questões que nos leva ao caminho da justiça e da educação. Agradecemos aos professores pelos debates que nos ajudaram a construir nossa própria história”, disse o formando sem esquecer de mencionar que a vitória da formação acadêmica é também dos seus respectivos pais e mães.

Com 37 anos de dedicação ao trabalho realizado na UEPB, o paraninfo das turmas 2016.1, o servidor Amarildo Henrique de Lucena, apostou na simplicidade em seu discurso para emocionar ainda mais os presentes. Conhecedor da história da maioria dos formandos, ele fez questão de destacar a transformação que a Universidade ofereceu na vida de todos eles, sem esquecer de ressaltar que a UEPB ainda continua de braços abertos a todos.

“Me sinto muito honrado em receber essa homenagem. Conheço praticamente todos que estão concluindo essa fase e posso dizer que todos vocês são merecedores de toda essa alegria. Mas o caminho não acabou aqui. Precisamos continuar lutando pelo direito ao ensino público, uma vez que a UEPB continua de portas abertas para vocês na pós-graduação, como também para seus filhos e netos”, disse o paraninfo, que recebeu das mãos do professor Eli Brandão a Resolução do Conselho Universitário (Consuni) que concede a homenagem.

Antes da conferência do grau acadêmico, o diretor do CH, professor Waldeci Ferreira Chagas, também se dirigiu aos formandos reafirmando o momento de celebração que todos estão vivenciando. Segundo ele, este é um momento de alegria, mas também de prestação de contas à sociedade pelo trabalho que é feito dentro de uma universidade. “Todos que estamos aqui queremos um Brasil melhor. E é por isso que sempre estaremos à disposição para a realização desse desejo de toda a sociedade”, disse.

O pró-reitor Eli Brandão destacou o momento de extrema relevância que é a colação de grau, principalmente a das turmas 2016.1 por serem realizadas no ano de comemoração dos 50 anos da UEPB. “Vocês são as turmas que encerram o jubileu de ouro da UEPB. E por isso nós apostamos na transformação social que todos têm a capacidade de realizar pela educação. Assim, teremos uma sociedade mais justa que merece ser chamada de humanidade. Não se faz reforma na educação sem professores e alunos. Por isso renovem as forças, acreditem na educação, porque vocês têm tudo para serem vencedores”, afirmou.

O encerramento da solenidade se deu com a conferência do grau acadêmico aos formados. Representando os alunos do curso de Direito, Sueliton Barbosa Batista recebeu o grau do professor Hugo Pouce Leon Porto. Os formandos do curso de Geografia foram representados por Josieliton Pereira Firmino, que recebeu o grau do professor Francisco Fábio Dantas da Costa. Já os concluintes do curso de História foram representados pela aluna Lívia do Nascimento Oliveira, que recebeu o grau da professora Naiara Ferraz Bandeira Alves.

Na continuidade da conferência, Maria Júlia de Lima Araújo representou os alunos do curso de Letras e recebeu o grau do professor Eduardo Valones. E Patrícia de Carvalho Teotônio, do curso de Pedagogia, representou seus colegas, recebendo o grau acadêmico da professora Rita de Cássia Cavalcante.

A mesa solene foi formada pelo pró-reitor de Graduação da UEPB, Eli Brandão; Waldeci Ferreira Chagas, diretor do CH; Amarildo Henrique de Lucena, paraninfo das turmas concluintes; Marcos Diogo, vice-prefeito de Guarabira; Maria do Socorro Barbosa, pró-reitora de Gestão Administrativa da UEPB, Severina Madalena, ex-diretora do CH; Antônio Teotônio de Assunção, presidente da OAB/Guarabira; Toinho Moral, vereador de Guarabira; e o capitão da Polícia Militar, Germano Bezerra.

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Paizinha Lemos

Fonte: Site da UEPB

Nenhum comentário: