Páginas

domingo, 27 de novembro de 2016

Florada de ipês-roxos encanta moradores da cidade de Belém, no Agreste paraibano


A florada dos ipês-roxos chegou com muita exuberância em Belém, cidade localizada numa região de transição entre o Brejo e o Curimataú paraibanos.

Na Praça Seis de Setembro, por exemplo, em frente à igreja matriz da Sagrada Família, o colorido dos ipês-roxos está chamando a atenção dos moradores e visitantes pela intensidade da floração neste ano.

Nativa da Mata Atlântica, mas com ocorrência em outros biomas brasileiros e em países da América do Sul, a Handroanthus impetiginosus, nome científico do ipê-roxo, também conhecido no Nordeste como pau-d’arco, tem sua floração entre os meses de outubro e dezembro nesta região de transição entre o litoral e a caatinga, podendo ser antecipada ou retardada dependendo das condições climáticas.

Os ipês-roxos, assim como as outras espécies de ipês, costumam florir nos períodos mais secos, e podem atingir de 8 a 12 metros de altura, ou até 30 metros em locais de matas preservadas.





Fotos: Marcelo Matias

Nenhum comentário: