Páginas

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Volume da barragem que abastece Belém (PB) se aproxima do estado de observação

Parede da barragem Lagoa do Matias, estiagem de 2012. Foto: Revista Novo Perfil

A Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA) divulgou nesta quarta-feira, dia 30 de novembro, o volume atualizado de água armazenada na barragem Lagoa do Matias, localizada próximo ao distrito de Roma, em Bananeiras, que abastece os municípios de Belém, Caiçara, Logradouro e parte de Tacima (distritos de Cachoeirinha e Braga), no Agreste paraibano.

Em trinta dias, o volume de água armazenada, apesar do racionamento, caiu de 54% para 34%, se comparado com o resultado divulgado no mês passado pelo site do referido órgão estadual. Nesse ritmo, em duas semanas o volume de água armazenada na barragem Lagoa do Matias estará próximo do estado de observação que, segundo a AESA, é de 20% do volume total.

O reservatório que abastece mais de 30 mil pessoas, e que tem a capacidade de acumular mais de 1 milhão de metros cúbicos de água (1.239.883 m³), está com o volume armazenado de 424.882 m³ (34,3%) até a data de hoje (30/11/2016).

A recuperação do volume da barragem, porém, deve demorar alguns meses, pois as chuvas mais intensas, nesta região da Paraíba (Brejo/Curimataú), devem ocorrer a partir do mês de março.

Nenhum comentário: