Páginas

domingo, 18 de dezembro de 2016

Natal é deixarmos Deus habitar em nossa vida, em nosso coração.

Por Pe. Cícero Roberto*

Uma Virgem Conceberá

(Evangelho do 4º Domingo do Advento, Ano A: Mateus 1, 18-24)

Maria e José são apresentados nesse 4º Domingo do Advento, como grandes colaboradores de Deus, na realização do Plano de Salvação.

O Rei Acaz, confiando apenas no poder do seu exército, despreza a proteção de Deus. Apesar da infidelidade do rei, Isaías confirma a fidelidade de Deus e revela um sinal de esperança: "Uma Virgem conceberá e dará à luz um filho e lhe porá o nome de EMANUEL” (Isaías 7,10-14).

O filho de Acaz, Ezequiel, concebido de uma virgem, fez um bom reinado, consolidou a dinastia de Davi e se tornou sinal de Deus no meio do povo. Dessa promessa surge a esperança de um filho de Davi, o Messias, “Deus Conosco”, que implantará definitivamente o Reino de Deus.

Os primeiros cristãos viram na figura dessa "virgem" a imagem de Maria, mãe de Jesus; e no "Emanuel" o próprio Jesus, o "Deus-conosco". São Paulo lembra que Jesus é o Filho de Deus, descendente de Davi segundo a carne, é a boa-nova de Deus anunciada pelos profetas (Romanos 1,1-7).

O evangelho deste domingo nos diz que em Maria, a Virgem esposa de José, tornando-se “grávida por obra do Espírito Santo”, cumpre a promessa de Deus, anunciada pelo profeta Isaías ao rei Acaz (Mateus 1, 20.23). Jesus, o Emanuel, é o Deus que veio ao encontro dos homens para lhes apresentar uma proposta de Salvação.

A narração da gravidez da Mãe de Jesus, e do sonho de José, seu esposo, não deve ser visto com um relato histórico, mas sim como um ensinamento divino, uma catequese de suma importância para os cristãos de ontem e de hoje. Apesar das dúvidas, acolheram e confiaram na Palavra de Deus, anunciada pelo Anjo e, por isso, realizam-se os planos de Deus. A disponibilidade, o exemplo de vida dos dois, deve ser acolhido e vivenciado por nós, cristãos.

Reflita: Maria foi disponível aceitando convite do Anjo para colaborar com o Plano Salvador de Deus! E você, se dispõe a dar continuidade a esse Plano? Sou capaz de acolher esse projeto de Deus, como o fez José?  Isso, sim, é Natal, se como Maria e José, deixarmos que Deus venha habitar em nossa vida, em nosso coração...

*Vigário da Paróquia Nª Sra. da Piedade (Arara-PB)

Nenhum comentário: