Páginas

sábado, 15 de abril de 2017

Prefeitura de Belém acionará Procon e Ministério Público da Paraíba contra a operadora TIM por cancelamento do serviço 3G

De acordo com informações da Procuradoria-Geral do Município, a Prefeitura de Belém acionará o Procon estadual, já na próxima segunda-feira (17), para que o órgão tome providências em relação a operadora de telefonia móvel TIM, que cancelou o serviço em 3G no município de Belém, prejudicando os usuários.

Por determinação da prefeita Renata Christinne, na segunda-feira o Município de Belém pedirá ao Procon Estadual que tome as providências quanto ao fato de a TIM ter cancelado a prestação de serviço 3G em Belém”, disse o procurador Marcelo Matias.

Ainda segundo o procurador do município, a Prefeitura de Belém também pedirá ao Ministério Público a abertura de um Inquérito Civil Público para apurar o mau serviço prestado pela operadora, alvo de reclamações diárias dos usuários belenenses.

“Pediremos ao Ministério Público que instaure um Inquérito Civil Público para apurar a falha na prestação do serviço e, consequentemente, ajuíze a competente Ação Civil Pública para defender a coletividade belenense do abuso cometido pela TIM”, concluiu.

TIM

TIM Brasil é uma empresa de telefonia brasileira subsidiária (filial) da Telecom Italia e opera nas redes GSM, EDGE, WCDMA, HSDPA, 3G e 4G. Em 1998, o governo FHC transferiu para a empresa Tele Nordeste Celular Participações, após serem privatizadas, às propriedades das companhias Telpe Celular, Telepisa Celular, Teleceará Celular, Telern Celular, Telpa [Telecomunicações da Paraíba] Celular e Telasa Celular.

Com informações da Wikipedia

Nenhum comentário: