Páginas

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Greve Nacional: Sindicato dos Servidores de Belém/PB fará ato público e colherá assinaturas contra a Reforma da Previdência no dia 5 de dezembro


Em apoio a Greve Nacional contra a Reforma da Previdência e em Defesa dos Direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, que acontecerá na próxima terça-feira, 5 de dezembro, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belém/PB (SINSERB) fará um ato público, pela manhã, na Praça 6 de Setembro. No local, também serão colhidas assinaturas da população para o projeto de Lei contra a reforma previdenciária.

A data da Greve Nacional foi definida em reunião das centrais sindicais, e antecede o dia em que o governo pretende iniciar a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/16, na Câmara dos Deputados.

Ao contrário da propaganda governamental, suspensa pela Justiça que a considerou enganosa, de que a proposta visa cortar privilégios e assegurar a continuidade da política previdenciária, ameaçada por um crescente déficit, a proposta do governo retira direitos e dificulta o acesso dos/as trabalhadores aos benefícios previdenciários.

Pela proposta do governo golpista, apenas receberão o benefício integral os homens e mulheres que atingirem 40 anos de contribuição, o que é uma raridade em um país com alta rotatividade no trabalho. Com as novas regras da reforma trabalhista, que precariza ainda mais o trabalho, os trabalhadores/as dificilmente conseguirão atingir 40 anos de contribuição.

A proposta do governo também determina idade mínima para aposentadoria dos servidores públicos (65 anos para homens e 62 para mulheres, exceto professores e policiais) e aumenta o tempo mínimo de contribuição para 25 anos.

Com informações da CUT

Nenhum comentário: