Páginas

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Decreto de Bolsonaro reduzindo o salário mínimo previsto para 2019 trará prejuízo de meio milhão de reais à economia de Belém/PB apenas com os aposentados


A economia do pequeno município de Belém, no Brejo paraibano, terá um prejuízo anual de cerca de meio milhão de reais com o decreto do presidente Bolsonaro, publicado hoje (02/01) no Diário Oficial da União, reduzindo o salário mínimo previsto para 2019. Com o decreto de Bolsonaro, o salário mínimo será de R$ 998,00, quando o fixado no orçamento para este ano seria de R$ 1.006,00.

Com esta redução, deixará de circular na economia de Belém, mensalmente, em torno de 40 mil reais, considerado apenas o recebimento de 1 salário mínimo das pessoas aposentadas e pensionistas, sem contar os servidores públicos e os funcionários do setor privado. Em 2017, de acordo com dados do INSS, 4.995 pessoas recebiam aposentadoria (por idade, invalidez ou pensão).

A redução do salário previsto para 2019 deve afetar, principalmente, os idosos que recebem apenas um salário mínimo, e deve impactar negativamente o comércio local, que depende do poder de compra dos aposentados e também do funcionalismo público.

Nenhum comentário: