Páginas

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Denúncia de crime eleitoral em Belém tem ampla repercussão na imprensa da Paraíba


O mandado de busca e apreensão, determinado pela Justiça Eleitoral, das notas fiscais, relatórios de faturamento, balanços de contabilidade e das câmeras do circuito interno de um posto de combustível no distrito de Rua Nova, município de Belém, repercutiu em todo o estado da Paraíba, inclusive com destaque nas TV's Cabo Branco e Paraíba, afiliadas da Rede Globo.

A decisão de busca e apreensão emitida pelo juiz Jaílson Shizue Suassuna, da 14ª Zona Eleitoral, foi para resguardar provas para uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) sobre o suposto crime eleitoral cometido pelas candidatas do ex-deputado Ricardo Marcelo, a sua irmã Aline e sua esposa Crisneilde, em Belém.

A investigação pretende apurar possíveis crimes de condutas vedadas, captação ilícita de recursos e eleitorais e de votos, bem como abuso de poder econômico que teriam sido cometidos pela chapa formada pela irmã e pela esposa do ex-deputado na data convenção partidária.



Clique aqui e saiba mais sobre o caso.

Nenhum comentário: