Páginas

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

“Não quero ser atendida por um negro”, diz cliente racista em lanchonete de Campina Grande/PB

Print da mensagem enviada pela cliente |Ao lado, Gabriel Akhenaton, atendente da lanchonete, vítima de injúria racial. Foto: Reprodução/ Facebook.

Na última terça-feira (8), uma cliente resolveu "reclamar" por meio de mensagem através do aplicativo Whatsapp de uma lanchonete em Campina Grande, na Paraíba, por ter sido atendida por um negro.

De acordo com reportagem do site T5, o texto, que aparentemente foi escrito por uma mulher, diz que o jovem foi educado, mas a "pele escura" do rapaz "mancha a imagem" do estabelecimento.

"Então, fui atendida por um rapaz de pele escura hoje, com minha família. Eu acho que uma lanchonete do seu porte não deveria admitir isso. Isso é ruim, mancha a imagem da sua lanchonete. Não é questão de racismo, é só que não sou obrigada a ser atendida por um negro. Foi até um rapaz educado conosco, mas a cor dele não se nega, entende? O que incomoda é a questão de ser atendida por ele mesmo, isso desrespeita meu lugar e da minha família. Acho que cada um tem que se por no devido lugar, o atendente no dele", escreveu.

A proprietária do estabelecimento decidiu denunciar o caso e registrou um Boletim de Ocorrência para abertura de investigação na 6ª Delegacia Distrital da cidade. .

A dona do estabelecimento chegou a rebater a mulher, mas resolveu procurar a delegacia para denunciar o crime de racismo. De acordo com a assessoria da Polícia Civil, a delegada da 6ª Delegacia Distrital, Mairam Moura, deve ter acesso ao B.O nesta quinta-feira (10) e iniciará a investigação.

O rapaz alvo de racismo é Gabriel Akhenaton. Ele disse que no decorrer de sua vida já passou por vários episódios de injúria racial, mas esse foi o pior. "De perseguições relacionadas a racismo eu sempre fui alvo, mas foi a primeira vez que fui atingido de uma forma tão brusca", disse Gabriel.

Com informações do site Brasil 247

terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Evento online e gratuito: Expo Turismo Paraíba apresenta rotas do estado para todo o país

Com 30 palestras, mais de 100 lojas com produtos em um único marketplace e três rodadas de negócios sendo realizadas até a próxima quarta-feira (9), a Expo Turismo Paraíba teve a abertura realizada na manhã da segunda-feira (7).

O evento é uma realização do Sebrae Paraíba em parceria com instituições como a PBTur, C&VB de João Pessoa, ABAV PB, ABIH PB, ABRASEL PB, Centro de Convenções de João Pessoa, Fecomércio, SESC e SENAC.

O diretor técnico do Sebrae Paraíba, Luiz Alberto Amorim, destacou a importância de tornar os negócios voltados para o turismo cada vez mais sustentáveis e, independente da região em que estejam, do litoral ao Sertão, possam ser apresentados a todo o país como o que a Paraíba tem a oferecer para garantir o desenvolvimento econômico promovido pelo setor.

“Mesmo com os desfavorecimentos que vieram com a pandemia, a Expo Turismo vem com essa visão, buscando mostrar que cada região paraibana tem o seu atributo e o seu modelo de turismo que pode ser oferecido a todos”, afirmou.

Já o gerente de competitividade do Sebrae Nacional, César Rissete, fez referência à importância do planejamento e da interação entre as instituições para que o turismo possa passar por esse momento de grandes obstáculos.

“Mesmo distante, é importante que os destinos mostrem suas riquezas e que estão, sim, de fato preparados para receber os turistas”, disse.

A presidente da PBTur, Ruth Avelino, por sua vez, destacou o Sebrae como um grande incentivador do turismo em tempos de desafios para não só para o setor público mas também para toda a classe empresarial, devido à pandemia da Covid-19.

O evento ocorrerá de forma totalmente digital, até o próximo dia 9 de dezembro, sempre das 10h às 21h. 

Através do site www.expoturismoparaiba.com.br, os interessados poderão acompanhar, também, a apresentação de visitas técnicas virtuais exibindo as melhores vivências do turismo no estado, de acordo com a gestora de turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim.

Com informações Paraíba Online

domingo, 6 de dezembro de 2020

"Estrela de Belém": Alinhamento excepcional de Júpiter e Saturno explica ressurgimento de fenômeno ocorrido na Idade Média


Entre 16 e 21 de dezembro, uma grande parte dos habitantes da Terra poderá observar um fenômeno que não ocorria pelo menos desde 1623 - ou, segundo alguns astrônomos, desde o século 13: o que é conhecido como a "grande conjunção" de Júpiter e Saturno.

Durante esses dias, e especialmente às noites, os dois planetas estarão alinhados de tal maneira que parecerá que formam um planeta "duplo".

"Depois de meses de aproximação lenta, em 21 de dezembro, que coincide com o solstício de inverno, Júpiter e Saturno se reunirão em uma espetacular grande conjunção", diz à BBC News Mundo (serviço em espanhol da BBC) Hernando Guarín, professor de Astronomia da Universidade del Valle, na Colômbia, e diretor da Rede Colombiana de Astronomia.

[...]

Uma conjunção com os planetas próximos entre si ocorreu em 16 de julho de 1623, mas Hartigan acha que o que vai acontecer em dezembro só tem paralelo com um fenômeno ainda mais antigo.

"Seria preciso retroceder até antes do amanhecer de 4 de março de 1226 para ver um alinhamento mais próximo entre esses planetas (de modo) visível no céu noturno", diz.

[...]

A luminosidade de ambos os planetas no mês de dezembro tornará ainda mais simples essa observação: segundo o pesquisador, será possível ver o fenômeno a olho nu, principalmente de pontos próximos à linha do Equador, embora a visão através de um telescópio ou observatório seja muito melhor.

Com informações da BBC Brasil

sábado, 5 de dezembro de 2020

Covid-19 já estava nos Estados Unidos antes do surto na China, diz estudo americano


Uma nova pesquisa feita pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) revelou indícios de que o novo coronavírus já estava presente nos Estados Unidos antes mesmo do início do surto da doença na China, primeiro país a registrar um grande número de pacientes infectados com o vírus Sars-CoV-2.

Conforme aponta o South China Morning Post, testes colhidos em dezembro do ano passado nos EUA, antes da explosão de casos na China, já mostravam que algumas pessoas haviam sido infectadas por covid-19. Isso porque as amostras traziam os anticorpos que surgem justamente para combater a infecção do novo coronavírus.

As descobertas, assim, invalidam a afirmação de que a covid-19 só chegou ao país no mês seguinte, já que o primeiro caso relatado da doença em território americano só foi visto no dia 19 de janeiro. Pior. A confirmação oficial do surto da doença em Wuhan, na China, só foi feita no dia 31 de dezembro.

“A presença desses anticorpos indica que infecções isoladas de Sars-CoV-2 podem ter ocorrido na parte oeste dos Estados Unidos antes do que se reconhecia anteriormente”, escreveram cientistas do CDC no estudo, que foi publicado no periódico científico Clinical Infectious Diseases.

A revelação mais recente é apoiada em uma análise feita na Itália durante o mês de outubro e que apontou a presença de anticorpos que agem contra o novo coronavírus também em amostras de sangue colhidas ainda em setembro de 2019. Na França, uma amostra de sangue colhida ao fim de dezembro também apresentou resultados semelhantes.

Esses resultados levantam ainda mais perguntas sobre a origem da doença. Equipes de investigação da Organização Mundial da Saúde e do jornal médico The Lancet estão empenhadas na busca por explicações. Isso não deve ser fácil. Mike Ryan, epidemiologista e responsável pelo programa de emergências de saúde da OMS já afirmou que a busca por uma resposta é como procurar por uma agulha em um palheiro.

O CDC informou que dos 7.389 testes de sangue coletados entre 13 de dezembro de 2019 e 17 de janeiro de 2020, ao menos 106 reagiram a testes de anticorpos de covid-19. Deste montante, 39 testes foram coletados entre os dias 13 e 16 de dezembro nos estados de Califórnia, Connecticut, Iowa, Massachusetts, Michigan, Oregon, Rhode Island, Washington e Wisconsin.

“Essas descobertas sugerem que o Sars-CoV-2 pode ter sido introduzido nos Estados Unidos antes de 19 de janeiro de 2020”, informou o órgão.

Apesar dos registros de anticorpos em amostras de sangue colhidas fora da China antes do início do surto da doença, ainda é impossível que a covid-19 surgiu em um ou outro país. É possível que os casos em Wuhan, que foi a primeira cidade a ser afetada pela doença, tenham surgido meses antes do que os cientistas acreditam.

Fonte: Revista Exame

quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Prefeita Renata fecha o lixão de Belém: “Deixo minha colaboração para o meio ambiente e para as futuras gerações”


Na terça-feira (01/12), a prefeita Renata Christinne participou do ato que marcou o fechamento definitivo do lixão de Belém após quase 30 anos em atividade às margens da Rodovia PB-089, entre Belém e Caiçara, próximo aos sítios Gameleira e Limeira.

“Com o fechamento definitivo do lixão, deixo minha colaboração para o meio ambiente e para as futuras gerações de Belém”, destacou a prefeita.

Além do fechamento do lixão, a gestão da prefeita Renata organizou o Plano de Recuperação de Área Degradada (PRAD), o qual já foi encaminhado à Sudema e ao Ministério Público e pode ser executado nos próximos meses.


A atual gestão municipal também iniciou a construção do Centro de Compostagem, na zona rural de Belém, para onde serão levados os resíduos vegetais, como podas de árvores, roço do mato e cascas de coco, para serem triturados e transformados em adubo e utilizados nos canteiros da cidade e em outras ações de recuperação do solo.

Desde o mês de setembro, o lixo produzido pela população está sendo levado para o Aterro Sanitário, em Guarabira. O aterro foi construído através do Consórcio Intermunicipal de Resíduos Sólidos (Consires), do qual o município de Belém é integrante.

Fonte: Com informações do site da Prefeitura de Belém

quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

Ministério Público institui dias de atendimento presencial no Fórum de Belém


As populações dos municípios de Belém, Caiçara, Dona Inês e Logradouro poderão contar, a partir de agora, com atendimento presencial, às segundas e quartas-feiras, das 7h30 às 13h, no posto do Ministério Público da Paraíba (MPPB) localizado no Fórum da cidade de Belém. O atendimento será feito, seguindo os protocolos sanitários (uso de máscara, de álcool gel e distanciamento pessoal) para prevenir o contágio da covid-19. Casos emergenciais continuarão sendo atendidos diariamente na sede da Promotoria de Justiça de Bananeiras e também por meio remoto (WhatsApp e e-mail).

Conforme explicou a promotora de Justiça, Ana Maria Pordeus Gadelha, a medida foi instituída, através de portaria datada do último dia 27 de novembro, devido à grande demanda de trabalho gerada pelo elevado número de munícipes abrangidos pela Promotoria de Justiça de Bananeiras e pela necessidade de atendimento individualizado aos cidadãos. “O objetivo é prestar um atendimento digno à população, sobretudo em relação às questões apresentadas pelas pessoas, fazendo com que a prestação ministerial seja ainda mais eficaz e eficiente”, argumentou.

Posto de Atendimento de Belém

O atendimento no posto do MPPB localizado no município de Belém será realizado por ordem de chegada, dando prioridade aos idosos, pessoas com deficiência, mulheres grávidas e os acompanhados por crianças. Será feita a triagem das reclamações, que serão devidamente registradas. Os casos considerados urgentes, que importem em risco iminente à vida e à integridade corporal ou à saúde, serão atendidos e apreciados em qualquer dia útil da semana, inclusive através do teletrabalho, pelo aplicativo WhatsApp (9156.7050) e o e-mail bananeirasmppbgmail.com.

A promotora de Justiça determinou também a ampla divulgação da portaria que institui os dois dias de atendimento presencial no posto do MPPB de Belém. O documento deverá ser afixado no quadro de avisos da Promotoria de Bananeiras e do Fórum de Belém e entregue à direção das emissoras de rádio local e demais meios de comunicação para que a população tome conhecimento.

A Promotoria de Justiça de Bananeiras é formada pelo município de Bananeiras (onde se encontra instalada e em funcionamento a sede da promotoria) e os municípios de Belém, Borborema, Caiçara, Dona Inês, Logradouro e Serraria.

Fonte: MPPB

sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Dia da Consciência Negra: Projeto do deputado Wilson Filho torna obrigatório o estudo sobre Direitos Humanos nos cursos de formação para policiais e seguranças na Paraíba


Após a morte violenta de um homem negro em Porto Alegre – RS, espancado por seguranças contratados pela rede de supermercados Carrefour, nessa quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra, o deputado estadual Wilson Filho (PTB) apresentou nesta sexta (20) Projeto de Lei para que a disciplina de Direitos Humanos se torne obrigatória na formação de policiais civis, militares e agentes de segurança privada na Paraíba.

“O racismo estrutural é um problema que precisa ser enfrentado de maneira enérgica e estratégica, incluindo a formação e educação dos agentes – que é o principal objetivo do nosso projeto. Não podemos mais assistir passivos que forças do Estado, ou mesmo privadas, que deveriam atuar como guardiãs das leis, se tornem vetores da violação da nossa Constituição”, comentou Wilson Filho.

O parlamentar frisou que o PL serve, ainda, para evitar crimes de ódio cometidos por agentes em razão de gênero, orientação sexual e intolerância religiosa, transformando as polícias e a segurança privada em unidades de garantia dos direitos individuais e de preservação da diversidade do tecido social.

O Projeto prevê o mínimo 60 horas/aula para a administração da disciplina nos cursos de formação de policiais. Os seguranças privados terão o prazo de um ano para realizarem o curso e deverão fazer atualização a cada cinco anos. As empresas de segurança que contratarem agentes sem a formação em Direitos Humanos poderão pagar multas de R$ 5.265,00 a R$ 10.530,00, assim como as contratantes que terceirizam a segurança em seus estabelecimentos.

Com informações da Assessoria

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Eleições 2020: João Marcelo é eleito o vereador mais jovem da história política de Belém (PB)


Com 21 anos de idade, o candidato João Marcelo foi eleito o vereador mais jovem da história política de Belém. Ele obteve 465 votos e assumirá uma das 11 vagas na Câmara Municipal pelos próximos quatro anos.

“Vencemos com a força que vem do povo e é com esta força que estaremos na oposição de cabeça erguida sob a liderança de Renata, Mirelly e Roberto, cobrando cada uma das promessas feitas ao povo de Belém pela prefeita eleita e sua vice”, destacou o vereador eleito em seu perfil no Facebook.

João Marcelo é estudante de Farmácia pela UFCG e filho do militante do PT e atual procurador do Município de Belém, Marcelo Matias.

Eleições 2020: Confira os 30 candidatos a vereador mais votados em Belém (PB)


A nova configuração partidária da Câmara Municipal de Belém, após o resultado da eleição 2020, será composta por 5 vereadores do Cidadania, 4 vereadores do DEM, 1 vereador do PROS e 1 vereador do MDB.

Abaixo, o resultado dos 30 candidatos a vereador mais votados na eleição 2020 em Belém:

1. Everton Gama (MDB) - 562 votos - Eleito

2. Valdo Fernandes (CIDADANIA) - 532 votos - Eleito

3. Dr. Aerton (PROS) - 522 votos - Eleito

4. Seu Bau (DEM) - 504 votos - Eleito

5. Zé Vicente (CIDADANIA) - 503 votos - Eleito

6. Toinho Vermelho (DEM) 502 votos - Eleito

7. Armando de Gambeu (DEM) – 499 votos - Eleito

8. João Marcelo (CIDADANIA) – 465 votos - Eleito

9. Naldo de Rua Nova (DEM) – 450 votos - Eleito

10. Xavier Neto (CIDADANIA) – 397 votos - Eleito

11. Dé do PT (CIDADANIA) – 384 votos - Eleito

12. Graça da Saúde (CIDADANIA) – 364 votos

13. Júnior Macedo (CIDADANIA) – 356 votos

14. Mônica da Saúde (DEM) - 349 votos

15. Fábio Maia (CIDADANIA) – 339 votos

16. André da Academia (DEM) – 305 votos

17. Guia (PROS) – 244 votos

18. Waldir Moranguinho (PROS) – 203 votos

19. Professor Jailson (PRTB) – 184 votos

20. Upiraktan Santos (PC do B) – 161 votos

21. Graça de Juvino (CIDADANIA) – 139 votos

22. Claudino Roberto (MDB) – 112 votos

23. Lucinha Moura (DEM) – 109 votos

24. Irissoneide (DEM) – 103 votos

25. Beta da Saúde (CIDADANIA) – 95 votos

26. Toinho de Queno (PRTB) – 89 votos

27. Tia Lu (PROS) – 87 votos

28. João Chocolate (PROS) - 85 votos

29. Edmilson de Xota (DEM) – 81 votos

30. Verônica de Nino (CIDADANIA) – 80 votos 

Eleições 2020: Poder econômico prevalece e Aline é eleita prefeita de Belém

A dona da Indústria 3 de Maio e uma das mulheres mais ricas da Paraíba, Aline Barbosa (PDT), foi eleita prefeita de Belém nas eleições municipais 2020. Ela obteve 58,58% (6.064 votos) contra 39,38% (4.076 votos) da candidata à reeleição Renata Christinne (Cidadania).

Já o candidato Professor Hidalberto (PRTB) obteve 180 votos e Pinto (PSOL) 31 votos. Brancos e nulos somaram 578 votos e 1.970 eleitores se abstiveram de votar.

De acordo com os dados do TSE, o total de eleitores que compareceram na eleição de 2020 em Belém atingiu 10.929, sendo 10.351 votos válidos.