Páginas

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Tribunal de Contas classifica como “baixo nível” atual gestão municipal de Belém (PB)


O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba apresentou à imprensa, na quinta-feira (15), os resultados, em âmbito estadual, do ‘Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM)’, que servirão de subsídios aos novos prefeitos para ações em pontos críticos, por exemplo, na educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, tecnologia da informação e proteção das cidades, de acordo com resultados do IEGM.

O município de Belém, ao final da gestão do prefeito Edgard Gama (PSB), recebeu a classificação “C”, ou seja, baixo nível de adequação, com o índice geral de 0,47, ficando abaixo dos índices da Microrregião de Guarabira (0,54), da Mesorregião do Agreste Paraibano (0,52) e do Estado da Paraíba (0,52).

Na Paraíba, 111 municípios se enquadraram numa faixa de resultado chamada C+, aplicada àquelas que estão ainda na “fase de adequação” em termos de eficiência, de resultados das gestões. 90 cidades paraibanas ainda estão situadas na faixa C do estudo, que corresponde, tecnicamente, a um “Baixo Nível de Adequação”. Somente 22 municípios conseguiram ficar na faixa B, que significa ter uma gestão efetiva.

Com ASCOM/TCE-PB

Nenhum comentário: